A hashtag #BarulhonoCéu tomou conta das redes sociais nos últimos dias. Pessoas dos mais diversos lugares do mundo estão relatando fenômenos semelhantes, o que deu margem para que uma série de teorias da conspiração fossem criadas. Em tempos de coronavírus, internautas especulam até mesmo que o fim do mundo esteja se aproximando.

Como quase todos os efeitos da natureza, este fenômeno também possui uma explicação científica. Tais barulhos vindos dos céus realmente têm relação – indireta – com o novo coronavírus, mas para a alegria – ou tristeza – de muitos, não irá causar o fim do mundo.

Bruna Ignaczuk, professora pós-graduada em física, em entrevista ao portal BHAZ, explicou a questão. “O som ocorre quando gases entram em contato com mudança de pressão atmosférica. Como acontece quando o ar sai de uma bexiga cheia ou de uma panela de pressão”, relatou.

A especialista acredita que o efeito tenha relação com o coronavírus, pois com a queda das atividades industriais e a quarentena de grande parte da população, os níveis de poluição estão caindo drasticamente. Com menos poluição na atmosfera, a movimentação de outros gases se torna maior, dando ensejo para o fenômeno aparecer.

Satélites da Agência Espacial Europeia (ESA) e da norte-americana NASA capturaram imagens do globo terrestre ao longo do mês de março, sendo notória a mudança de visual na atmosfera do planeta, em decorrência da redução nas emissões de dióxido de nitrogênio (NO2). O local onde a mudança é mais visível ocorreu no norte da Itália, país com algumas das medidas mais austeras de prevenção ao coronavírus. Este gás é oriundo sobretudo das descargas dos automóveis e das atividades industriais.



Source link

[BL]MP3, iPod, celulares, notebooks, cameras [/BL]

Compare Preços de: MP3, iPod, celulares, notebooks, cameras no Buscapé.

Compartilhar