UFPR irá exigir comprovante de vacinação para alunos e professores.

O Conselho Universitário da UFPR (Universidade Federal do Paraná) aprovou por unanimidade nesta quarta-feira (12), a exigência do comprovante de vacinação contra a Covid-19 para acesso e permanência nas dependências da instituição.

A medida é válida para professores, alunos, técnicos, funcionários terceirizados e comunidade externa. As aulas presenciais do ano letivo 2022 da UFPR serão iniciadas no dia 31 de janeiro.

A UFPR justificou a medida pelos riscos de contaminação pela Covid-19 e afirmou que ela está baseada em decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), que suspendeu despacho do MEC (Ministério da Educação) sobre a proibição da exigência de vacinação como condição ao retorno das atividades acadêmicas presenciais.

Todas as pessoas que não apresentarem o comprovante vacinal irão precisar comprovar periodicamente teste tipo RT-qPCR ou de antígeno com resultado negativo para Covid-19, com no máximo 72 horas de realização.

“O esforço de todos os conselheiros, em um momento importante que exige posicionamento da UFPR. A universidade cumpre o seu papel de liderança de modo correto, exercendo o princípio da autonomia universitária como foi definido pelo STF”, explicou o reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca.

O não cumprimento dessas medidas poderá impactar em sanções previstas no código de normas da Universidade, sendo que mais detalhes sobre os modelos da comprovação da vacina contra Covid-19 serão divulgadas pela UFPR nos próximos dias.

Por fim, a Universidade ainda reforça que medidas sanitárias como o uso de máscara, lavagem constante das mãos e uso do álcool em gel irão continuar sendo exigidos nas dependências acadêmicas.

LEIA MAIS: DER-PR abre processo do ferry-boat; Prefeitura de Guaratuba quer rescisão imediata

FONTE:

Link Fonte
Autor: Jorge de Sousa
Dominio fonte: paranaportal.uol.com.br
Data – 2022-01-12 19:55:16

[BL]MP3, iPod, celulares, notebooks, cameras [/BL]

Compare Preços de: MP3, iPod, celulares, notebooks, cameras no Buscapé.

Compartilhar