Suspeito pela morte de dependente química é preso em operação conjunta das polícias Civil e Militar | Correio dos Campos




Por Pedro Dalcol Filho – As polícias Civil e Militar realizaram nas primeiras horas da manhã de hoje (11), no bairro Contorno, em Ponta Grossa, uma operação conjunta para cumprir mandados de prisão e busca e apreensão em sete casas do bairro, com a finalidade de localizar e prender o principal suspeito do assassinato de Deocleia Ferreira Padilha, dependente química morta na região com um disparo de arma de fogo.

Com êxito, a operação de hoje terminou com a prisão do suspeito pelo homicídio, um homem de 28 anos, e também de outro rapaz de 29 anos que teve a prisão preventiva decretada pela prática de roubo.

De acordo com a polícia, o segundo deles teria ameaçado a vítima horas antes de sua morte e seria, supostamente, o alvo do disparo realizado pelo primeiro indivíduo, autor do crime.

A investigação

A operação deflagrada na manhã de hoje é resultado da investigação realizada pela Polícia Civil e que apurou o homicídio de Deocleia Ferreira Padilha, que era dependente química e que tinha sofrido ameaças de morte por dívidas com um dos traficantes do local.

Poucas horas depois de ser ameaçada, a vítima, que estava próximo à residência do suposto traficante, foi atingida pelo disparo. As investigações revelaram que o tiro tinha outro alvo. As informações apontavam que o autor do disparo queria matar o traficante rival, mas que teria errado o disparo e atingido Docleia por engano.

As investigações avançaram com a identificação do suspeito do disparo, bem como dos demais envolvidos com os fatos.

No dia 4 de janeiro desse ano, o suspeito, preso na data de hoje, teria fugido de uma abordagem policial, com um volume na cintura. Na oportunidade, ele correu para uma região de mata, dispensando, no caminho, uma caixa que continha munições calibre 38, um aparelho celular, uma sacola com maconha e uma carteira com R$ 1.890 reais.

Na residência do fugitivo, próxima ao local aonde aconteceu a abordagem, estavam dois adolescentes. Um deles teria dispensado uma caixa com 102 pedras de crack. Na casa foram apreendidas 224 gramas de maconha, além de uma balança de precisão.

Dinheiro e drogas

Em uma das residências onde foram cumpridas as buscas de hoje, um homem já havia sido preso em flagrante no dia 28 de janeiro pela prática de tráfico de drogas.

Naquela ocasião, o autor escondia crack, dinheiro, dois coletes balísticos e uma balança de precisão.

Com informações da Polícia Civil

FONTE:

Link Fonte
Autor: Correio dos Campos
Dominio fonte: correiodoscampos.com.br
2021-02-11 09:16:30
Data – 2021-02-11 09:16:30