Em três sabores, Frutiê marca entrada no mercado de produtos sem origem animal

             São Paulo, outubro de 2020 — A Fini, líder no segmento de candies no Brasil, inova mais uma vez e anuncia sua entrada no mercado vegano com o lançamento da linha Frutiê, a primeira bala mastigável de pectina da Fini Brasil. A previsão é que a novidade, produzida na fábrica da Fini em Jundiaí (SP), esteja disponível nos principais pontos de vendas do País e na loja online em novembro.

Com uma proposta de bala mastigável macia e cremosa, a novidade terá três sabores: Sobremesas (torta de limão, morango cremoso e pavê de abacaxi), Frutas Sortidas (abacaxi, laranja, lima-limão e morango) e Frutas Vermelhas (cereja, framboesa e morango), nas versões 70 g e 200 g. Além disso, Frutiê é a primeira bala unitária da Fini Brasil.

De acordo com a gerente executiva de marketing da marca, Andrea Köhler, a Fini sempre investe forte em inovação com foco no consumidor. Prova disso, são os lançamentos constantes em sabores, formatos e, agora, também na entrada em um novo nicho. “É um passo importante para a Fini lançar um produto sem nenhuma origem animal e entrar em um mercado que é cada vez mais tendência. Com isso, conseguimos ampliar perfis de consumidores e abrir ainda mais competitividade no mercado”, afirma Andrea.

A linha Frutiê tem certificação da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) e o selo de produto vegano em todas as embalagens. Segundo dados do IBOPE inteligência de 2018, 55% dos brasileiros consumiriam mais produtos veganos se estivessem indicados na embalagem.

Sobre a Fini

A Fini tem presença mundial em mais de cem países, e conquistou a posição de uma das principais produtoras mundiais de balas de gelatina, marshmallows, regalizes e chicles. No Brasil, a empresa lançou a Linha Bem-Estar, balas enriquecidas com ativos funcionais, como cálcio, colágeno, fibras e vitaminas. Com um DNA que busca surpreender seus consumidores, teve origem artesanal e hoje está presente no varejo, em franquias, plataformas de delivery, e-commerce, cinemas e parques de todo o País.

via assessoria

 



Source link

Compartilhar