Reajuste dos servidores públicos do Paraná é suspenso pelo Governo do Estado


ratinho-corona
Foto: Rodrigo Felix Leal/AEN

O reajuste salarial dos servidores públicos estaduais do Paraná, previsto para janeiro, foi suspenso pelo governador Ratinho Júnior. O aumento seria de 1,5%.

No despacho governamental ele argumenta que a decisão de suspensão do reajuste considera o défice orçamentário do Estado e os efeitos da pandemia da Covid-19 nos cofres públicos.

Dados do governo apontam que em 2021 os gastos com folha salarial dos servidores serão de R$ 1,3 bilhão. O reajuste salarial aumentaria esse gasto em 237 milhões.

Também foram suspensas as progressões de carreira, que adicionariam mais R$ 350 milhões na despesa com pessoal, segundo o Governo do Estado. Após a publicação do despacho, a Secretaria de Estado de Administração e Previdência emitiu nota onde diz que “a suspensão de reajustes promovida pelo governo do estado tem como objetivo atender às exigências do governo federal, no que se refere ao repasse de recursos durante a pandemia”.

A versão do governo é contestada pelo Fórum das Entidades Sindicais (FES) do Paraná. A entidade diz que a decisão do Governo do Estado descumpre lei aprovada na Assembleia Legislativa do Paraná em 2019, em acordo que encerrou a greve geral da categoria.

O Fórum diz ainda, que a justificativa apresentada contradiz a própria propaganda governamental, que na última semana anunciou mais de R$ 10 bilhões em investimentos.

Não há previsão, pelo Governo do Estado, de quando os reajustes e as progressões de carreira devem ser retomados e implementados na folha de pagamento dos servidores.

Reportagem David Musso



Source link

FONTE:

Link Fonte
Autor: Band News Curitiba – 96,3 FM
Dominio fonte: bandnewsfmcuritiba.com
2021-01-13 11:55:42
Data – 2021-01-13 11:55:42