Ocorrências e resgates caem 15% nas prainhas do Rio Paraná


190310_rio_parana_4766
Foto: Fabio Dias/Acervo EPR

Desde o início do verão, oito pessoas foram detidas às margens do Rio Paraná, na região noroeste, a partir do reforço no policiamento da região. O Corpo de Bombeiros também aumentou o efetivo de guarda-vidas, uma vez que o movimento se intensifica nesta época do ano. As prainhas dos municípios de Porto Rico, São Pedro do Paraná e Marilena, por exemplo, são destinos muito procurados por moradores e turistas.

Dois afogamentos foram registrados no Rio Paraná desde dezembro de 2020. Em relação às medidas de restrição contra a pandemia do coronavírus, cabe à Polícia Militar fiscalizar e orientar os frequentadores e os comerciantes.

O reforço na segurança é coordenado pelo governo estadual, a partir do efetivo da PM e do Corpo de Bombeiros, com o apoio das prefeituras. Devido às medidas de restrição de circulação da população, a Operação Verão registrou, até o momento, queda de 15% nas ocorrências gerais, considerando os salvamentos e as ações de segurança pública.

Com o apoio das prefeituras, a Polícia Militar também apoia a Ação Integrada de Fiscalização Urbana, com foco na fiscalização de bares, restaurantes e estabelecimentos comerciais. Em relação ao monitoramento dos rios e prainhas, no extremo noroeste do Paraná, sete pontos de alta procura foram reforçados com 30 guarda-vidas militares e 46 guarda-vidas civis.

Reportagem: Angelo Sfair



Source link

FONTE:

Link Fonte
Autor: Band News Curitiba – 96,3 FM
Dominio fonte: bandnewsfmcuritiba.com
2021-01-13 14:57:57
Data – 2021-01-13 14:57:57