Nada de carta de amor! IPTU está chegando aos curitibanos pelos Correios



Nada de carta de amor e sim, de cobrança. Os curitibanos receberão, nos próximos dias em suas casas, o boleto para pagamento à vista e da primeira parcela do IPTU 2021 e da Taxa de Coleta de Lixo. As postagens serão colocadas nesta quarta-feira (13) nos Correios. Segundo a prefeitura, a não impressão dos carnês por parte da administração municipal reduz o impacto ambiental e deve resultar em uma economia de cerca de R$ 230 mil com gastos de impressão, envio e reenvio de correspondências do IPTU.  Atualmente, cerca de 30% dos carnês de IPTU enviados retornam porque os correios não conseguem localizar o destinatário. Nesse ano a prefeitura não vai enviar o carne completo impresso.

O IPTU tem vencimento em 10 de fevereiro para quem for pagar à vista, com desconto de 4%. Já quem optar pelo parcelamento terá que gerar o boleto pela internet tanto pelo Curitiba App ou nos núcleos da Secretaria de Planejamento, Finanças e Orçamento que funcionam nas dez Ruas da Cidadania da cidade. O horário de atendimento é das 8 horas às 17 horas, de segunda a sexta-feira. O imposto pode ser parcelado em dez vezes, com vencimento entre 11 e 15 de cada mês.

+Leia mais! Vai parcelar o IPTU 2021? Emissão dos boletos pode ser feita por aplicativo

Na carta enviada aos proprietários estarão todas as informações detalhadas do imóvel além da inscrição imobiliária e indicação fiscal, números necessários para gerar as novas parcelas.

O usuário pode salvar o Documento de Arrecadação Municipal (DAM) em formato de PDF, imprimir ou copiar o código de barras. A DAM pode ser paga nos bancos conveniados (Caixa Econômica Federal, Bradesco, Banco do Brasil, Santander, Itaú/Unibanco, Sicredi, Sicoob e Mercantil), nos caixas eletrônicos ou por meio do internet banking. É possível pagar por meio de cartão de débito ou crédito ou ainda colocar em débito automático.

Quando vence o IPTU em Curitiba

As datas de vencimento estão informadas no próprio boleto do IPTU e obedecem a seguinte ordem: para indicação fiscal com dígito verificador 1 e 2, a data de vencimento será dia 11 de cada mês. Dígitos 3 e 4 (dia 12); dígitos 5 e 6 (dia 13); dígitos 7 e 8 (dia 14); dígitos 9 e 0 (dia 15).

Boleto chega com reajuste aos curitibanos

Não poderia ser muito diferente e o valor subiu para 2021, com reajuste de 4% para imóveis edificados e de 7% para imóveis não edificados. Para quem pagou R$ 180 de IPTU em 2020, por exemplo, o pagamento em 2021 será de R$ 194,95 no caso de imóveis prediais e de R$ 200,35 nos terrenos

Por lei, o valor de reajuste a cada ano é de 4% para imóveis edificados e de 7% para imóveis não edificados – mais a correção monetária medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Para 2021, a atualização leva em conta a variação do IPCA entre dezembro de 2019 e novembro de 2020 foi de 4,31%.

FONTE:

Link Fonte
Autor:
Dominio fonte: www.tribunapr.com.br
2021-01-13 06:29:28
Data – 2021-01-13 06:29:28