Fonte do Conteúdo: Clique Aqui para acessar o site

(Foto: O Popular do Paraná)

Completou 1 ano a morte de Sandra Maria Aparecida Ribeiro, assassinada com um tiro no pescoço quando trabalhava no hipermercado Condor em Araucária, na região metropolitana de Curitiba.

Amigos e familiares colocaram placas em frente ao hipermercado pedindo justiça.

A fiscal de loja foi morta em abril de 2020 e a confusão começou com a negativa do empresário em colocar máscara para entrar no estabelecimento, segundo os autos processuais.

Em dezembro do ano passado, Justiça concedeu ao empresário Danir Garbossa, acusado no envolvimento da morte de Sandra, prisão domiciliar em resposta ao pedido da defesa, em que afirma, por meio de laudos médicos, que Garbossa possui grave doença degenerativa.

O advogado de defesa de…

Autor: João Frigério Data: 2021-05-03 10:20:47

———> LEIA MAIS > …
Fonte do Conteúdo: Clique Aqui para acessar o site

Compartilhar