Metronidazol: para que serve, como usar e efeitos colaterais.

O metronidazol é um remédio antimicrobiano indicado para o tratamento da giardíase, amebíase, tricomoníase, vaginite causada por Gardnerella vaginalis e outras infecções causadas por bactérias e protozoários sensíveis a esta substância.

Este remédio deve ser usado com indicação médica e pode ser encontrado na forma de comprimidos, pomada, suspensão, óvulos, gel vaginal ou solução injetável. Veja para que serve e como usar o metronidazol em gel vaginal.

O metronidazol pode ser comprado em farmácias ou drogarias, mediante apresentação de receita médica, com os nomes comerciais Flagyl, Canderm, Helmizol, Trinodazol ou Colpatrin, por exemplo.

Metronidazol: para que serve, como usar e efeitos colaterais

Para que serve

O metronidazol está indicado para o tratamento de:

  • Infecções do intestino delgado causadas pelo protozoário Giardia lamblia (giardíase);
  • Infecções causadas por amebas (amebíase);
  • Infecções produzidas por várias espécies de Trichomonas (tricomoníase),
  • Vaginites causadas por Gardnerella vaginalis;
  • Infecções causadas por bactérias anaeróbias, como Bacteroides fragilis e outros bacteroides, Fusobacterium sp, Clostridium sp, Eubacterium sp e cocos anaeróbios;
  • Septicemia bacteriana;
  • Endocardite causada por Bacterioides sp;
  • Infecções na cavidade abdominal como abscesso hepático ou abdominal, ou peritonite, causados por bactérias anaerobias.

Além disso, o metronidazol também pode ser indicado pelo médico para prevenção de infecções em cirurgias intestinais do cólon ou do reto.

Conheça os vários tipos de vaginite e saiba como é feito o tratamento.

Como usar

A posologia depende da infecção que se pretende tratar e da apresentação do metronidazol indicada pelo médico:

1. Tricomoníase

A dose recomendada é de 2 g, em dose única, ou 250 mg, 2 vezes ao dia, durante 10 dias ou 400 mg, 2 vezes ao dia, durante 7 dias. O tratamento pode ser repetido, caso o médico considere necessário, depois de 4 a 6 semanas.

Os parceiros sexuais também devem ser tratados com 2 g em dose única, de forma a prevenir recidivas e reinfecções recíprocas.

2. Vaginites e uretrites causadas por Gardnerella vaginalis

A dose recomendada é de 2 g, em dose única, no primeiro e terceiro dias de tratamento ou 400 a 500 mg, 2 vezes ao dia, durante 7 dias.

O parceiro sexual deve ser tratado com 2 g, em dose única.

3. Giardíase

A dose recomendada para adultos é de 1 comprimido de 250 mg, 3 vezes ao dia, por 5 dias.

Para crianças de 1 a 5 anos de idade, a dose recomendada é de 5 mL da suspensão oral de metronidazol, 2 vezes por dia, durante 5 dias. Já para crianças de 5 a 10 anos, a dose recomendada é de 5 mL da suspensão oral, 3 vezes por dia, durante 5 dias.

4. Amebíase

Para o tratamento da amebíase intestinal, a dose recomendada é de 500 mg, 4 vezes ao dia, durante 5 a 7 dias. Para o tratamento da amebíase hepática, a dose recomendada é de 500 mg, 4 vezes ao dia, durante 7 a 10 dias.

5. Infecções causadas por bactérias anaeróbias

Para o tratamento de infecções causadas por bactérias anaeróbias, a dose recomendada de metronidazol para adultos e crianças com mais de 12 anos é de 1 comprimido de 400 mg, 3 vezes ao dia, durante 7 dias ou a critério médico.

Para crianças com menos de 12 anos, o metronidazol deve ser usado preferencialmente na forma de suspensão, sendo que a dose recomendada é de 7,5 mg por cada Kg de peso corporal, 3 vezes ao dia, durante 7 dias, conforme indicação do pediatra.

6. Prevenção de infecção cirúrgica

A dose do metronidazol para prevenção de infecção cirúrgica, deve ser indicada pelo médico de acordo com o tipo de cirurgia a ser realizada. Geralmente, a dose recomendada para adultos e crianças maiores de 12 anos é de 500 mg a cada 8 horas, na forma de solução injetável, feita no hospital, começando aproximadamente 48 horas antes da cirurgia, e a última dose deve ser administrada pelo menos 12 horas antes da cirurgia.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais que podem ocorrer durante o tratamento com metronidazol são náusea, vômito, diarréia, dor no estômago, sensação de gosto metálico na boca, perda do apetite, dor de cabeça, cansaço excessivo ou tontura.

Além disso, algumas efeitos colaterais mais graves podem surgir como convulsões ou neuropatia periférica, com sintomas como sensação de formigamento, dor ou sensibilidade nas mãos ou pés, por exemplo, sendo importante comunicar ao médico caso a pessoa apresente esses sintomas. Saiba identificar os sintomas de neuropatia periférica.

Quem não deve usar

O metronidazol não deve ser usado por pessoas que tenham alergia ao metronidazol ou qualquer outro componente da fórmula.

Além disso, também não deve ser usado por mulheres grávidas ou em amamentação sem orientação médica. 

O metronidazol na forma de comprimidos não deve ser usado por crianças com menos de 12 anos.

FONTE:

Link Fonte
Autor:
Dominio fonte: www.tuasaude.com
Data – 2021-09-14 11:51:39

[BL]games, PS2, PS3, Nintendo, Wii, iPod[/BL]

Compare Preços de: games, PS2, PS3, Nintendo, Wii, iPod no Buscapé.

Compartilhar