Mecônio: o que é e principais características.

“Mecônio” é o nome que se dá às primeiras fezes que são formadas no intestino do bebê por sais biliares e outros materiais, tem uma cor verde-escura e é consistente e pegajoso.

O bebê normalmente elimina o mecônio nas primeiras 24 a 36 horas após o nascimento, estimulada pela amamentação e isto é importante, pois é um sinal de que o intestino está funcionando bem. Já os bebês prematuros e com peso menor que 1500g,  podem eliminar o mecônio somente após 48 horas de vida.

No entanto, em alguns casos, a eliminação do mecônio pode não acontecer, demorar mais tempo ou acontecer antes do parto, podendo causar problemas à saúde do bebê como pneumonia e paralisia do intestino.

Mecônio: o que é e principais características

Características do mecônio

No início, o mecônio tem cor verde-escuro, é consistente e pegajoso. Por volta do 3º ao 4º dia após o nascimento, a consistência das fezes vai mudando e passa a ter uma cor amarelo-esverdeada e uma consistência mais líquida. Nesta fase, o bebê passa a evacuar muitas vezes ao dia, especialmente se a alimentação for exclusiva de leite materno e por livre demanda, ou seja, de acordo com a vontade do recém-nascido. 

Se o mecônio não for eliminado dentro das primeiras 24 a 36 horas, pode indicar que haja algum problema com o bebê e isto geralmente é avaliado antes da alta da maternidade, que só acontece quando o bebê elimina o primeiro mecônio.

Porque o mecônio não é eliminado

Algumas situações durante a gravidez, como a diabetes materna, redução de oxigênio para o bebê e gestações com mais de 42 semanas, podem provocar alterações na forma como o mecônio é eliminado pelo bebê. As principais alterações são:

Aspiração de mecônio

A redução de oxigênio na barriga da mãe pode causar estresse no bebê, que é conhecido como sofrimento fetal, fazendo com que se libere o mecônio antes do parto. Com isto, o bebê aspira o mecônio que está no líquido amniótico, que é o líquido que envolve o bebê na barriga da mãe. Entenda melhor sobre o sofrimento fetal.

A aspiração do mecônio pelo bebê é chamada de síndrome da aspiração do mecônio e normalmente os sintomas da inalação são: respiração rápida, dificuldade para respirar, alteração nos batimentos do coração, coloração azulada na pele, unhas e boca, unhas longas e com manchas e pele seca e com descamação.

Algumas situações podem causar a aspiração do mecônio pelo bebê, como gravidez com mais de 42 semanas, sofrimento fetal, alterações no cordão umbilical, mães que fumam,  que tem diabetes, que tem pressão alta e bebês que nascem de parto cesariano.

Tratamento: a maioria dos bebês que aspiram o mecônio, são tratados e melhoram em 5 a 7 dias. Se o bebê não tem dificuldade para respirar, pode ficar com a mãe no quarto. De acordo com a gravidade da aspiração do mecônio, o bebê pode precisar ficar em incubadora, receber terapia de oxigênio, fazer tratamento com antibióticos e surfactante. Em alguns casos, é preciso retirar o mecônio da boca, nariz e pulmões dos bebês.  

Sequelas: em alguns casos, a aspiração do mecônio pode levar a algumas sequelas como pneumonia, diminuição na produção do surfactante pulmonar, que é um líquido importante para a respiração, mudanças na função do coração e convulsão.

Mecônio: o que é e principais características

Obstrução do intestino

Quando o mecônio não é eliminado ou quando o volume do mecônio que é eliminado é muito baixo, o intestino do bebê pode estar obstruído. Esta mudança no funcionamento do intestino do bebê pode ser causada por alterações no formato do intestino ou por dificuldades para eliminar o mecônio.

Quando o intestino do bebê está entupido, podem surgir sintomas como vômitos e barriga inchada, sendo que o diagnóstico pode ser feito em dois momentos diferentes: ainda durante a gestação, através de ultrassonografia, e após o nascimento do bebê, com radiografia e biópsia, que é um exame para avaliar a saúde dos tecidos do corpo, no intestino do bebê.

Tratamento: o tratamento do intestino obstruído é feito após o nascimento do bebê e varia de acordo com a avaliação da equipe médica, com o tipo e o grau de entupimento do intestino do bebê. Quando se tem alteração no formato do intestino, o tratamento é feito com cirurgia e se há dificuldades para eliminar o mecônio, normalmente se faz uma lavagem no intestino do bebê. 

Sequelas: se houver demora no diagnóstico ou no tratamento da obstrução, pode ter uma perda na circulação de sangue no intestino do bebê e isto pode causar uma necrose, que é a morte das células do intestino, sendo uma situação grave. 

FONTE:

Link Fonte
Autor:
Dominio fonte: www.tuasaude.com
Data – 2021-06-10 09:16:55

[BL]MP3, iPod, celulares, notebooks, cameras [/BL]

Compare Preços de: MP3, iPod, celulares, notebooks, cameras no Buscapé.

Compartilhar