Laboratório irregular revendia próteses dentárias de cadáveres | Correio dos Campos


(Foto: Reprodução Decon)

Nesta segunda-feira (1), dois responsáveis por um laboratório irregular localizado no Rio de Janeiro foram presos em flagrante. O local revendia próteses dentárias de cadáveres que eram compradas de um cemitério clandestino.

Segundo a Policia Civil, os suspeitos retiravam próteses removíveis de cadáveres e para poder revender realizavam um processo químico para que o implante tivesse o aspecto de um novo e vendiam para consultórios odontológicos.

O crime está sendo investigado pela Delegacia Especial de Crime contra o Consumidor (Decon), que é responsável por infrações contra consumidores e a saúde pública.

Até o momento, dois cemitérios que fazia parte do esquema ilegal foram fechados, um deles era em São Gonçalo e o outro na Baixada Fluminense.

A polícia continua a investigação para identificar se há mais cemitérios envolvidos no crime. As clínicas que sofreram o golpe estão sendo acionadas.

A pena para os acusados pode chegar a seis anos de prisão. As autoridades suspeitam que o crime acontecia há, pelo menos, três anos.

Fonte: Ricmais

FONTE:

Link Fonte
Autor: Correio dos Campos
Dominio fonte: correiodoscampos.com.br
2021-02-02 14:58:54
Data – 2021-02-02 14:58:54