Justiça condena 15 pessoas por tráfico internacional de arma de fogo


Justiça condena 15 pessoas por tráfico internacional de arma de fogo
Foto: PF

A 14ª Vara da Justiça Federal de Curitiba condenou 15 pessoas que foram presas durante uma investigação contra uma quadrilha especializada em enviar armas de fogo pelos Correios. Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, os criminosos faziam o envio de armas de fogo, acessórios e munições importadas do Paraguai via encomendas postais nos Correios e também faziam o transporte rodoviário desses objetos.

Todos os criminosos foram presos durante a operação Gun Express. Na ocasião também foram aprendidas diversas armas e munições.

Conforme o MPF, existiam integrantes do grupo criminoso nos estados do Paraná, Bahia e Rio Grande do Norte.

O grupo do Paraná importava as armas de fogo a partir do Paraguai e as remetia aos destinatários finais e a outros integrantes da região nordeste, seja via Correios, seja via transporte terrestre – efetuado pelos próprios investigados e agentes cooptados, com “batedores” vigiando a carga.

Já os grupos residentes nos estados do Rio Grande do Norte e da Bahia recebiam os armamentos e os utilizavam ou repassavam a terceiros, distribuindo armas para diversas cidades brasileiras.

Ainda de acordo com a denúncia, o pagamento dos grupos do nordeste era realizado aos integrantes do Paraná por meio de depósitos e transferências bancárias.

Os 15 integrantes da quadrilha foram condenados por associação criminosa e tráfico internacional de armas de fogo.

Repórter William Bittar


Gaeco cumpre mandados contra policiais civis

FONTE:

Link Fonte
Autor: CBN
Dominio fonte: cbncuritiba.com
2021-02-03 09:57:40
Data – 2021-02-03 09:57:40