Fonte do Conteúdo: Clique Aqui para acessar o site

Pesquisadores que estudam as simbologias da extrema-direita dizem que a ação vem sendo utilizado como uma mensagem codificada

Reprodução/TV SenadoFilipe Martins se defendeu e disse que estava ajeitando a lapela do terno

O Ministério Público Federal vai analisar o processo contra o assessor para Assuntos Internacionais da Presidência, Filipe Martins. Em março, o auxiliar do governo Bolsonaro foi flagrado fazendo gestos atrás do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, em meio a uma sessão. Martins foi indiciado pela Polícia do Senado que investigou o caso e concluiu que a atitude dele teve conotação racista. Pesquisadores que estudam as simbologias da extrema-direita dizem que o gesto vem sendo utilizado como uma mensagem codificada com…

Autor: Camila Corsini Data: 2021-05-05 07:23:19

———> LEIA MAIS > … Fonte do Conteúdo: Clique Aqui para acessar o site

Compartilhar