Intertrigo: o que é, sintomas, causas e tratamento.

O intertrigo é uma infecção na pele que pode aparecer na parte interna das coxas, entre os dedos ou nas dobras da pele, como axilas, abaixo dos seios e virilha, por exemplo, e que causa coceira, dor no local e vermelhidão.

Essa infecção é causada principalmente pelo fungo Candida albicans, que está naturalmente presente no organismo mas que pode proliferar e levar ao aparecimento de sintomas quando existem condições favoráveis, como calor e umidade, o que pode ser observado nas áreas das dobras do corpo.

O intertrigo é uma situação desconfortável mas que pode ser tratado com o uso de pomadas com antimicrobianos aplicadas diretamente na pele de acordo com a recomendação do dermatologista. Além disso, é importante manter os locais com maior chance de aparecer o intertrigo bem seco e higienizado, pois assim é possível prevenir o desenvolvimento do microrganismo.

Intertrigo: o que é, sintomas, causas e tratamento

Sintomas de intertrigo

Os sintomas de intertrigo podem aparecer nas regiões de dobras, como virilha, axilas, abaixo das mamas, parte interna da coxa, nádegas e virilha, além de também poder aparecer entre dos dedos, sendo os principais:

  • Vermelhidão no local afetado;
  • Coceira e dor local;
  • Descamação na região acometida;
  • Presença lesões arredondadas próximas à lesão principal, chamadas lesões satélite;
  • Camada esbranquiçada ao redor, ou áreas de descamação;
  • Presença de umidade e secreção;
  • Pode haver formação de fissuras na pele afetada.

Em alguns casos, os sintomas de intertrigo podem atrapalhar algumas atividades do dia a dia, como caminhar, por exemplo, ou causar desconforto ao colocar a roupa ou o sutiã. Por isso, é importante que assim que surgirem os primeiros sintomas de intertrigo, o dermatologista seja consultado para que possa ser feita uma avaliação.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico do intertrigo deve ser feito pelo dermatologista, que deve avaliar os sintomas apresentados pela pessoa e pode solicitar a realização de exame da pele, em que é feita uma raspagem da lesão que é enviada para o laboratório para análise. Assim, de acordo com o resultado do exame é possível identificar o microrganismo responsável pela infecção e, assim, ser indicado o tratamento mais adequado. Veja mais detalhes sobre o exame dermatológico.

Intertrigo: o que é, sintomas, causas e tratamento

Principais causas

Apesar do intertrigo estar mais frequentemente associado à proliferação do fungo Candida albicans, pode acontecer também devido à infecção pelo fungo dermatófito Trichophyton ou por bactérias. O desenvolvimento desse tipo de infecção é favorecido pelo atrito da pele e umidade do local, o que resulta em irritação local e favorece a infecção e, consequentemente, aparecimento de sintomas.

Alguns dos fatores que podem favorecer o desenvolvimento do intertrigo são:

  1. Acúmulo de suor e sujeira nas dobras da pele, geralmente sob as mamas, axilas e virilhas, principalmente em pessoas obesas;
  2. Uso de sapatos apertados, por muito tempo, que permanecem úmidos, situação conhecida como frieira;
  3. Uso de roupas justas, ou com materiais sintéticos, como nylon e poliéster, que friccionam com a pele;
  4. Dermatites alérgicas, provocadas pelo uso de cosméticos que causam alergia;
  5. Eritema ou dermatite de fralda, que é uma assadura causada pelo contato da pele do bebê com calor, umidade ou acúmulo urina e fezes, quando ele fica muito tempo com a mesma fralda;
  6. Gestantes, devido à alterações hormonais, que podem facilitar a proliferação de fungos;
  7. Diabéticos sem controle adequado, pois pois a glicemia aumentada facilita infecções por fundos, além de dificultar a cicatrização da pele;
  8. Uso de antibióticos, o que diminui a população de bactérias na pele, e facilita a disseminação dos fungos.

Além disso, no caso de pessoas que perderam muito peso, como após a cirurgia bariátrica, por exemplo, podem podem desenvolver intertrigo com mais facilidade, pois o excesso de pele facilita a fricção, formação de assaduras e, consequentemente, infecção.

Intertrigo: o que é, sintomas, causas e tratamento

Como é feito o tratamento

O tratamento para intertrigo deve ser orientado pelo dermatologista de acordo com as características das lesões, sendo normalmente iniciado com o uso de cremes para assaduras, que ajudam a diminuir a fricção da pele e facilitam a cicatrização.

Além disso, pode ser indicado pelo médico o uso de pomadas que podem combater o agente infeccioso e aliviar os sintomas, como por exemplo:

  • Pomadas corticoides, como Dexametasona ou Hidrocortisona, por 5 a 7 dias, que diminuem a inflamação, a irritação, vermelhidão e coceira do local;
  • Antifúngicos, como pomada de Cetoconazol, Clotrimazol, Miconazol, por 2 a 3 semanas, no caso do intertrigo causado por fungos. Em caso de infecções graves ou extensas, pode ser necessário o uso de medicamentos por comprimido, como Cetoconazol ou Fluconazol, por cerca de 14 dias, conforme a indicação do médico.
  • Fazer compressas com solução de permanganato de potássio, diluindo-se 1 comprimido em 1,5 litros, durante 1 a 3 dias pode ajudar a diminuir a secreção antes da aplicação das pomadas.

É importante também manter a região afetada sempre limpa e seca e utilizar roupa de algodão pouco apertada, para permitir que a pele respire, e usar sandálias que permitam que os dedos dos pés fiquem espaçados. No caso do intertrigo em pessoas obesas, é ainda aconselhado perder peso para evitar que o problema surja novamente.

FONTE:

Link Fonte
Autor:
Dominio fonte: www.tuasaude.com
Data – 2021-06-18 04:36:22

[BL]MP3, iPod, celulares, notebooks, cameras [/BL]

Compare Preços de: MP3, iPod, celulares, notebooks, cameras no Buscapé.

Compartilhar