Idosa faz 100 anos um dia antes de tomar dose de vacina contra covid-19 em Curitiba. "Quero viajar!"


Primeira da fila para vacinação dos idosos acima dos 95 anos, que acontece nesta quarta-feira, em Curitiba, Theonilha Pompeu, que completou 100 anos nesta terça-feira (9), estava feliz da vida e animada por tomar a primeira dose da vacina contra covid-19. Ela chegou cedo, com a filha, para garantir o imunizante tão esperado.

“É uma animação muito grande. Estou muito feliz e contente com essa vacina. Um grande avanço. Era isso que a gente estava aguardando tanto. Não doeu nada e viva o nosso Butantan”, comemorou Theonilha Pompeu, que completou 100 anos nesta terça-feira (9). A segunda dose da dona Theonilha ficou para o dia 5 de março. “Quero viajar, viajar e viajar”, comemorou.

Dona Theonilha vai tomar a segunda dose em março. Foto: Lineu Filho.

A filha de Theonilha, Silvia da Graça Soares, disse que a vacinação foi um presente dobrado. “Foi um presente pelos 100 anos que ela fez no dia 9 de fevereiro, com uma festa sem aglomeração. Foi um presente dobrado. Chegamos quase 7 hrs da manhã para ter a vacina”, disse Silva da Graça.

Quem também estava na fila para vacinação era dona Eloema Martins, de 96 anos. Ela estava animada com a vacinação e estava com a filha. “Foi uma sensação boa. A gente quer o melhor, ainda mais nessa fase da vida. Só de saber que é pra melhorar a gente fica feliz. Esse é mais um abacaxi que descascamos nesta vida”, brincou Eloema Martins, segunda vacinada do dia no drive-thru do Parque Barigui.

Só de saber que é pra melhorar a gente fica feliz, disse dona Eloema, de 96 anos. Foto: Lineu Filho/Tribuna do Paraná.

FONTE:

Link Fonte
Autor:
Dominio fonte: www.tribunapr.com.br
2021-02-10 06:37:35
Data – 2021-02-10 06:37:35