(Foto: Reprodução/RIC Record TV)

Um homem que estava desaparecido há mais de quatro dias foi encontrado morto dentro de um bueiro sem tampa na rua Pioneira Amália Carzoni Baltazar, em Maringá, no noroeste do Paraná, no domingo (7).

O carro de Rodrigo Nascimento Pirath, de 40 anos, já havia sido localizado nas proximidades na última terça-feira (2). Data em que familiares procuraram a polícia para registrar seu desaparecimento. Na ocasião, a Volkswagen Parati estava com as portas destrancadas, com todos os pertences da vítima dentro, a poucos metros de onde ele morreu.

O corpo de Rodrigo não apresentava nenhum sinal de agressão ou violência e, por isso, a família acredita que ele tenha sido vítima de uma fatalidade, depois que o automóvel que dirigia apresentou problemas. Pela cena encontrada, ele saiu do veículo, andou poucos metros e caiu no buraco, de mais de 1,5 m de profundidade, que estava encoberto por um matagal.

Rafael Pirath, irmão de Rodrigo, explicou que foram amigos e familiares que acharam ele em estado avançado de decomposição e ressaltou que o abandono dos terrenos, que fazem parte de um loteamento, foi a provável causa da tragédia.

“O pessoal veio até aqui e começou a fazer uma busca aqui por perto. Eles sentiram o mau cheiro, aí viram que ele estava morto dentro do buraco. Uma boca de lobo sem tampa. Aí vem a revolta, um loteamento desse todo abandonado, cheio de mato e ninguém vai trazer ele de volta mais”, desabafou o irmão Rafael Pirath.

A Polícia Civil aguarda o laudo do Instituto Médico-Legal (IML) que deverá esclarecer a causa da morte.

Fonte: Ricmais

FONTE:

Link Fonte
Autor: Correio dos Campos
Dominio fonte: correiodoscampos.com.br
2021-02-09 15:22:17
Data – 2021-02-09 15:22:17

Compartilhar