H1N1: o que é, sintomas, transmissão e tratamento.

A gripe H1N1, também conhecida como gripe suína, é uma doença viral causada pelo vírus H1N1, que pode ser facilmente transmitida de pessoa para pessoa por meio das gotículas liberadas no ar quando a pessoa gripada tosse ou espirra.

O vírus H1N1 é um subtipo do vírus influenza A e afeta o sistema respiratório, levando ao surgimento de sintomas como febre, calafrios, nariz escorrendo ou entupido, ou perda do apetite, por exemplo.

O diagnóstico da gripe H1N1 é feito pelo clínico geral, pneumologista ou infectologista, e o tratamento depende a gravidade dos sintomas, podendo ser indicado pelo médico repouso, aumento da ingestão de líquidos ou uso de remédios anti-inflamatórios, anti histamínicos ou antivirais.

H1N1: o que é, sintomas, transmissão e tratamento

Principais sintomas

Os sintomas da gripe H1N1 são semelhantes aos das infecções causadas por outros subtipos do vírus influenza A e geralmente surgem após 1 a 3 dias após a infecção pelo vírus H1N1, sendo os principais:

  • Febre;
  • Calafrios;
  • Tosse;
  • Dor de garganta;
  • Nariz escorrendo ou entupido;
  • Espirros;
  • Falta de ar;
  • Dor de cabeça;
  • Dor no corpo;
  • Cansaço;
  • Olhos vermelhos ou lacrimejando;
  • Náuseas;
  • Perda do apetite;
  • Mal estar geral.

Além disso, também podem surgir diarreia e vômitos, especialmente em crianças e idosos, o que pode causar desidratação, que pode ser percebido através de sintomas como dor de cabeça forte, cansaço, sede intensa, boca seca e pouca urina, por exemplo. Confira outros sintomas do H1N1.

Como acontece a transmissão

O vírus H1N1 é altamente contagioso, sendo transmitido através do contato direto com pessoas infectadas ou por meio da inalação de gotículas de saliva ou secreções nasais liberadas quando a pessoa infectada tosse, espirra ou fala.

Além disso, a transmissão também pode acontecer por tocar uma superfície contaminada pelo vírus H1N1 e levar a mão aos os olhos, nariz ou boca.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da gripe H1N1 é feito por um clínico geral, infectologista ou pneumologista através da análise dos sintomas, além de também poder ser indicado em alguns casos a realização de exames laboratoriais para identificar o vírus responsável pelos sintomas.

Ao confirmar a infecção pelo H1N1, o médico pode indicar o tratamento mais adequado, o que depende da gravidade dos sintomas apresentados.

Como é feito o tratamento

O tratamento da gripe H1N1 depende da gravidade dos sintomas, sendo normalmente indicado aumentar a ingestão de líquidos para evitar desidratação, repousar e fazer uma alimentação leve e de fácil digestão.

Em alguns casos, o médico pode recomendar o tratamento com remédios como:

  • Anti-inflamatórios ou analgésicos, como paracetamol ou ibuprofeno, para diminuir a febre e aliviar a dor no corpo ou dor de cabeça;
  • Anti-histamínicos, como loratadina, para aliviar a congestão nasal;
  • Antivirais, como zanamivir, oseltamivir ou peramivir, para diminuir a taxa de multiplicação do vírus, reduzir a gravidade dos sintomas e evitar complicações. Esses remédios normalmente são indicados para serem iniciados dentro de 48 horas após o início dos sintomas.

Além disso, é importante que durante o tratamento da gripe H1N1, a pessoa permaneça em isolamento por cerca de 5 dias para evitar a transmissão para outras pessoas. Entenda como é feito o tratamento da gripe.

Nos casos graves pode ser necessário internamento hospitalar e tratamento com soro aplicado diretamente na veia, uso de antibióticos, ou até mesmo ventilação mecânica não invasiva ou ECMO.

Como prevenir

Para prevenir a infecção pelo vírus H1N1, é recomendado que a pessoa com sintomas gripais permaneça em isolamento por 5 dias, pois assim é possível prevenir a transmissão do vírus para outras pessoas.

Além disso, é recomendado evitar ficar em locais fechados ou com muitas pessoas, lavar as mãos regularmente e passar álcool gel frequentemente, usar máscara facial e cobrir sempre o nariz e a boca ao tossir ou espirrar.

Outra recomendação importante é tomar a vacina da gripe que protege o organismo contra os vírus mais comuns da gripe, como o H1N1, o H3N2 e o Influenza B. Veja quando a vacina da gripe deve ser tomada.

Possíveis complicações

As principais complicações da gripe H1N1 são desidratação, pneumonia viral ou bacteriana, bronquite hemorrágica, síndrome da angústia respiratória aguda ou parada respiratória.

Essas complicações são mais comuns em mulheres grávidas ou pessoas que possuem outras doenças como DPOC, asma brônquica, diabetes, doenças autoimunes ou cardíacas ou que fazem tratamento para o câncer.

FONTE:

Link Fonte
Autor:
Dominio fonte: www.tuasaude.com
Data – 2022-01-12 04:40:18

[BL]DVD, MP3, LCD, Plasma, HDTV, Home Theater [/BL]

Compare Preços de: DVD, MP3, LCD, Plasma, HDTV, Home Theater no Buscapé.

Compartilhar