Governo regionaliza a Invest Paraná como estratégia para atrair mais investimentos privados


normal_image00010-3
Foto: José Fernando Ogura/AEN

O Governo do Estado deu início a parcerias institucionais com prefeituras para espalhar e regionalizar o atendimento da Invest Paraná. A estratégia visa ampliar a atração de investimentos privados. A intenção é ativar 24 representações em cidades polo até o fim de 2022, metade delas ainda neste ano.

As representações de Maringá, no Noroeste e Ponta Grossa, nos Campos Gerais, já estão atendendo. Nesta semana terão início os trabalhos em Londrina, na Região Norte, Cascavel e Foz do Iguaçu, ambos no Oeste. De acordo com o governador Ratinho Junior, o objetivo é otimizar o atendimento a potenciais empresários por meio de ações integradas na captação de investimentos.

Segundo ele, o Estado precisa ser ágil e menos burocrático para facilitar a vida de quem quer investir no Paraná.

O Diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin destacou que com a medida,  o Estado conseguirá dar respostas mais rápidas e completas a possíveis interessados em se instalar no Paraná. Hoje, além dos benefícios fiscais, o empresariado quer agilidade.

O Estado pretende criar um ambiente de negócios favorável, com estabilidade política para gerar emprego e renda para os paranaenses. Bekin ressaltou, também, que a iniciativa atende a um pedido da Casa Civil pela intensificação das atividades no Interior. Um representante da prefeitura será qualificado e treinado para atuar como ponto focal.

O Paraná fechou 2020 com investimentos estimados em mais de 7 bilhões de reais. Segundo os últimos dados consolidados, de janeiro de 2019 a outubro de 2020 a agência contribuiu com a atração de 164 empreendimentos, que se instalaram no Paraná com apoio do programa de incentivos fiscais do Governo do Estado.

Os investimentos, que somam quase 20 bilhões de reais no período de quase dois anos, foram feitos em diversos setores, como o de papel e celulose, automotivo, de produtos alimentícios, bebidas, biocombustíveis, farmoquímicos e farmacêuticos, comércio varejista e diversos outros. Eles ajudaram o Paraná a abrir 52 mil e 600 postos de trabalho em 2020, o segundo melhor índice do País, mesmo em um ano marcado pela crise econômica decorrente da pandemia do coronavírus.

A Invest Paraná é a porta de entrada oficial para as empresas interessadas em se instalar no Estado. E o programa de incentivo para atração de investimentos é um dos principais atrativos

Reportagem: Taís Santana



Source link

FONTE:

Link Fonte
Autor: Band News Curitiba – 96,3 FM
Dominio fonte: bandnewsfmcuritiba.com
2021-02-02 17:31:48
Data – 2021-02-02 17:31:48