Clássico com o São Paulo é a referência do Corinthians para pegar o Ceará

Clássico com o São Paulo é a referência do Corinthians para pegar o Ceará.


O Corinthians não vence há duas partidas e conseguiu apenas uma vitória nos últimos quatro jogos pelo Campeonato Brasileiro.

A sequência ruim e a importância do embate desta quarta-feira, contra o Ceará, na Neo Química Arena, vão fazer com que Vagner Mancini mexa na equipe.

A referência buscada foi o clássico com o São Paulo, quando o Timão venceu por 1 a 0 e abusou de perder gols sem deixar Cássio vulnerável em algum momento.

Naquela ocasião, Mancini não teve Jô e apostou em Léo Natel. A novidade não foi eficiente como um centroavante na hora de finalizar, mas deu ao time a movimentação esperada.

Otero, que volta à equipe nesta quarta depois de cumprir suspensão, foi importante, espetado pela esquerda, setor que agrediu para marcar o gol da vitória.

Cantillo, dono de uma linda assistência no Majestoso, vai ter sequência ao lado de Gabriel. Ramiro, no entanto, fica no banco. Mancini não vai abrir mão da velocidade de Gustavo Mosquito.

Talvez o maior problema para repetir padrões seja a ausência de Cazares. Luan, em tese, seria a opção natural. Mas, a agilidade de Araos no meio de campo deve levar vantagem.

Não é o mesmo time, mas a proposta deve ser equivalente, com muitos dos mesmos jogadores. A busca é pela repetição da organização tática, defensiva e ofensiva.

O Corinthians espera fazer um grande jogo diante do Vozão e, assim como aconteceu no clássico, sair de campo com os três pontos garantidos.

FONTE:

Link Fonte
Autor: Gazeta Esportiva
Dominio fonte: ricmais.com.br
Data – 2021-02-03 06:00:00