O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem sido um dos nomes mais comentados do Brasil nos últimos dias. O país é mais um a enfrentar a pandemia causada pelo novo coronavírus e a postura do presidente tem sido criticada por algumas pessoas e defendida por outras. O Brasil já registrou mais de 500 mortes causadas pela Covid-19.

Bolsonaro parece ter uma posição diferente da do ministro da Saúde Henrique Mandetta. O ministro defende o isolamento como tem sido feito e pede precaução em relação ao uso da hidroxicloroquina. Bolsonaro, conforme pronunciamento feito no mês passado, defendia o isolamento vertical.

Países como a Itália, que apostaram em um isolamento menos restritivo, mudaram de posição conforme as mortes começaram a subir. O presidente Bolsonaro vem batendo de frente com o ministro Henrique Mandetta e há, inclusive, informações que ele possa demitir seu subordinado.

Em meio a toda polêmica, Bolsonaro virou alvo do artista italiano Alexsandro Palombo. Na imagem, o presidente aparece em uma cama de hospital, usando um respirador, com a frase: “Fique em casa, ninguém está imune ao coronavírus”. Bolsonaro vem sendo criticado por ter chamado o coronavírus de “gripezinha” e “resfriadinho”, ironizando o médico Dráuzio Varella.

Em São Paulo, governado por João Doria, o isolamento foi estendido desta terça-feira (7) para até o dia 22 de abril. Há perspectiva de que isso mude. Apesar de Bolsonaro, a posição oficial do governo é pela defesa do isolamento como já vem sendo feito. O presidente declarou algumas vezes, porém, que se preocupa com a economia.



Source link

Compartilhar