16.7 C
CURITIBA
terça-feira, abril 20, 2021
Abrabar questiona bandeira amarela: “Por que seguem suspensas atividades de gastronomia e...

Abrabar questiona bandeira amarela: “Por que seguem suspensas atividades de gastronomia e entretenimento?”


O novo decreto da Prefeitura, que retornou à bandeira amarela em Curitiba a partir desta quinta-feira (28), não respeita a essência das restrições previstas anteriormente no enfrentamento da pandemia Covid-19, diz a Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar). ‘Isso por que, manteve suspensas as atividades de gastronomia e entretenimento na capital’, alega a entidade.

(Foto: Divulgação)

 

O presidente da Abrabar, Fábio Aguayo, afirmou que há uma perseguição ao setor. “Lamentamos que a essência não está sendo cumprida na totalidade, pois sempre na bandeira amarela os bares funcionaram sem restrições e o horário era as 23hs”, afirmou.

A bandeira amarela foi retomada por decreto da Prefeitura de Curitiba depois de 61 dias em bandeira laranja, com restrições mais fortes. “Precisamos manter padrão e bom senso para sobrevivermos e pagar os impostos e taxas que estão chegando no começo do ano, como no caso do IPTU, que inclusive veio com reajuste de 11%”, lamentou Aguayo

No início da semana, a Abrabar participou com representantes da Abrasel e SindiAbrabar, de reuniões com a nova Mesa Diretora da Câmara Municipal e Comando da Polícia Militar da Capital. A intenção articular uma agenda positiva para o setor de 2021 para a frente.

Para viabilizar as atividades do setor, a Abrabar defende que os bares sem cozinha trabalhem até as 20 horas, “para não ter problema com a questão da bebida alcoólicas”. Já os demais, que tem cozinha, trabalhem normalmente até as 22 horas, com a tolerância de esvaziar o estabelecimento até as 23 horas.



Source link

FONTE:

Link Fonte
Autor: Redação
Dominio fonte: www.bandab.com.br
2021-01-28 13:27:56
Data – 2021-01-28 13:27:56

Compartilhar
PT_BR
Powered by TranslatePress »
Open chat
MANDE SUA MATÉRIA
OLÁ
VENHA ANUNCIAR AQUI
APAREÇA PARA 30 MIL PESSOAS
%d blogueiros gostam disto: